Dicas para aumentar nossa inteligência

como aumentar a inteligênciaNosso cérebro humano precisa ser exercitado para aumentar e fortalecer a nossa inteligência e para isso existem práticas que podem ser desenvolvidas para serem feitas todos os dias.

Ele é como um músculo, que precisa ser exercitado, para se desenvolver melhor, por isso, existem hábitos que aumentam a nossa inteligência.

São maneiras simples que podem e devem ser adotadas ao nosso cotidiano e que surtirão muitos efeitos benéficos para a nossa saúde mental.

Entretanto, devem ser feitas todos os dias para um melhor resultado. São hábitos simples e que podem ser incorporados por todos nós.

A inteligência é flexível

Para se ter um pensamento inteligente, precisamos ser treinados em processos de pensamentos e conseguir localizar uma ideia ou problema, com concentração para se resolver determinado problema e ter um pensamento treinado, por ela ser flexível precisa de treinamentos lógicos para se desenvolver.

Uma caminhada pela natureza

Caminhar pela naturezaIsso mesmo tire um dia para fazer uma caminhada e aprecie a beleza da natureza, saiba que as plantas produzem mais oxigênio para os humanos e por isso a nossa mente se acalma em contato com as plantas e uma caminhada, pode ser um bom exercício e ainda pode ajudar na circulação do sangue.

O contato com a natureza pode dar uma revigorada e trazer uma série de benefícios para o pensamento.

Vários estudos já comprovaram que uma caminhada regular pela natureza traz muitos mais benefícios do que uma pilula da inteligência qualquer. Exatamente por isso, que você precisa colocar em sua rotina, a caminhada pela natureza.

A água e a inteligência

A água é importante para que se filtrem resíduos em nosso organismo e ao dormirmos podemos ficar sem água em nosso corpo por 6 ou 8 horas, ao acordar beber 2 grandes copos com esse líquido, pode compensar essa falta.

Estudos demonstram que quem bebe mais água aumenta a capacidade para executar as tarefas mentais.

Ler um livro

Alguns estudos demonstram: quem faz o uso de leituras em livros, diminui o risco de Mal de Alzheimer, que é uma doença que faz com que, a pessoa que o adquire, vá perdendo a memória gradativamente com o passar dos anos.

A Leitura de um livro é um exercício ativo para o cérebro e lendo requer a construção de imagens mentais sobre aquilo que estamos vendo naquele momento da leitura.

A leitura ainda é mais essencial para o cérebro do que assistir a uma série ou a um filme, não que não seja importante também, mas, assistir a um filme, série ou TV, é considerada uma atividade passiva que o cérebro consome informações totalmente mastigadas e não é processada ou não se está interagindo com ela, à solução é a troca desse hábito por jogar games.

Se você é uma pessoa assim como eu era, que tinha dificuldade de concentração para ler um livro, esse vídeo pode ser muito útil para você:

Um bloco para anotações

Mesmo com o advento da internet, esse hábito é considerado muito bom para o cérebro. A escrita faz com que se treine a curiosidade e o pensamento lógico.

Leonardo da Vinci era uma grande mente e usava um bloco de notas para anotar ideias, fazer perguntas para serem respondidas mais tarde, para se ter uma avaliação. E com essas anotações a mente pode ser treinada para pensar e avaliar o seu dia.

Dormir

Cada pessoa sabe quantas horas são necessárias para dormir e esse tempo pode variar para cada pessoa.

Ficar sem dormir para todos é considerado um veneno para a concentração. O sono é o responsável pelo relaxamento do cérebro, o que se torna muito bom para a sua produtividade diária.

Antes de dormir tente relaxar, pode até fazer uma reflexão sobre como foi o seu dia, seus desafios e as suas escolhas, mas vá desacelerando para que o sono venha.

No vídeo abaixo revela 8 maneiras fáceis para você dormir bem. Veja:

Planeje suas conversas

As palavras têm poder, e podem ser utilizadas para o mal ou para o bem.

Mesmo que tenha calibrado seu discurso e a pessoa se exalte contigo, respire fundo, não revide e peça gentilmente para a conversa continuar mais tarde.

A inteligência emocional também faz parte de nosso cotidiano e não pode se descartada, servindo para controlar nossos impulsos e trazendo mais felicidade. Parece difícil mais com treino é possível regular nossas emoções.

Para concluir

Nossa mente é maravilhosa. Nossa inteligência pode diminuir com o passar dos anos e a definição mais universal para o conceito de inteligência é aquela que a define como a capacidade para encontrar novas soluções para problemas antigos.

Ela pode mudar de acordo com nossas experiências vividas, por isso, é muito importante seguir nossas dicas acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *